Roteiro Turístico

 A Freguesia de Santa Catarina da Serra e Chainça está implantada na Beira Litoral, Concelho e Distrito de Leiria.
 

Roteiro dos Teimosos 

 
     
 

Roteiro dos Bicipingas

 
     
 
A freguesia organiza-se ao longo dos principais acessos viários decorrente da centralidade da sua posição geográfica. Em termos de rede urbana destacam-se dois lugares na freguesia: Santa Catarina da Serra (sede de freguesia) e Loureira (a "continuação natural" de Fátima). Em ambos os lugares se denota uma evidente influência do fenómeno religioso, patente em diversos elementos e referências como sejam alminhas, cruzeiros, estações de Via Sacra, Igrejas e capelas.
 
Paisagisticamente, Santa Catarina da Serra assemelha-se a um miradouro natural, a partir do qual é possível observar a Igreja Matriz, a Torre Basílica do Santuário de Fátima, o Castelo de Ourém e a serra de Aire. Inserida na orla mesocenozóica ocidental (ou lusitana), Santa Catarina da Serra localiza-se no extremo Norte da Plataforma de Fátima, nos limites da grande "região natural" e unidade de paisagem do centro-oeste do território nacional: o Maciço Calcário Estremenho (MCE) que pela área que ocupa e características morfológicas e estruturais únicas, constitui uma das unidades geomorfológicas mais marcantes e singulares do país. Embora a componente habitacional e industrial seja evidente, sobretudo ao longo da rede viária estruturante ou secundária de acesso aos principais aglomerados, os usos do solo dominantes são ainda os associados ao campo (florestal e agrícola), conferindo um carácter marcadamente rural à freguesia.
 
Na sua área geográfica existem inúmeros vales profundos, nomeadamente: Vale das Caravalhas, Vale Moleiro, Vale Grande, Vale da Pousada, Vale de Leiria, Vale Maior, Vale da Texugueira, Vale dos Mochos, Vale Largo, Vale Maninho, Vale da Mó, Vale dos Murados, Vale Longo, Vale das Tias, Vale Tacão e Vale Salgueiro. Mas também existem montes, como os conhecidos por Costa da Pinheiria, Outeiro do Luís, Alto da Fazarga, Cabeço da Biqueira e Casal da Cabeça. Há quem afirme que nestas zonas existem depósitos de água, dando origem aos "Olhos de Água", no lugar das Pereiras, Freguesia da Caranguejeira.
 
Destaca-se ainda o forte cooperativismo demonstrado pela presença de um elevado número de associações locais de âmbito social, cultural, desportivo e religioso e de uma "confederação" local das diversas associações que, em conjunto, muito contribuem para o desenvolvimento e preservação da identidade local.
 
A freguesia de Santa Catarina da Serra e Chainça tem atualmente vários pontos de interesse turistico, destacando-se as igrejas e alguns monumentos e edificações, nomeadamente a Igreja Matriz de Santa Catarina da Serra, Capela da Chainça, Capela da Loureira, Capela da Quinta do Salgueiro, Capela da Magueigia, Capela do Vale Sumo, Capela do Vale Tacão e a Capela de Casal da Estortiga.
 
Visite Santa Catarina da Serra e Chainça.